segunda-feira, 17 de junho de 2019

Caso Neymar: Justiça expede mandado de busca e apreensão do celular de Najila

REUTERS/Amanda Perobelli

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Najila Trindade prometeu à polícia entregar celular com provas até 11 de junho
  • Após promessa não ser cumprida, Justiça expediu mandado contra modelo
A Justiça, após solicitação feita pela Polícia Civil, expediu mandado de busca e apreensão do celular de Najila Trindade, que acusa Neymar de estupro e agressão.
Após promessa feita em seu depoimento, a modelo ainda não entregou o aparelho às autoridades. À época, ela afirmou que até o final do dia 11 de junho ela entregaria o celular para que fossem feitas averiguações.
Najila afirma ter um vídeo de sete minutos em seu celular, gravado no segundo encontro com Neymar, em 16 de maio. No início das investigações, pequeno trecho de 1 minuto dessas imagens foram vazadas na web.
Por conta do não-fornecimento do aparelho, o advogado Danilo Garcia de Andrade havia deixado o caso. Ao UOL, Cosme Araújo, novo advogado da modelo, afirmou ainda não ter conhecimento do mandado expedido.

O caso

Na sexta (31 de maio), Najila Trindade Mendes registrou um boletim de ocorrência na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, acusando o atacante Neymar por estupro no dia 15 de maio, em Paris.
No boletim de ocorrência, a mulher afirmou que conheceu o jogador pelo Instagram e foi convidada para viajar até a França. No dia 15, Neymar teria chegado embriagado ao hotel e, segundo a mulher, ele ficou agressivo e praticou relações sexuais sem consentimento.
A denúncia foi noticiada no dia seguinte, 1º de junho. Logo depois, o pai de Neymar apareceu no programa ‘Brasil Urgente’, da Band, e tentou descreditar a versão da mulher.
Na noite do dia 1º, Neymar postou um vídeo em sua conta do Instagram se defendendo das acusações e mostrando a conversa que teve com a mulher, incluindo fotos íntimas enviadas por ela.
Na quarta-feira (04 de junho), Najila Trindade Mendes apareceu publicamente e reafirmou o que disse no boletim de ocorrência: que foi agredida e estuprada. Na mesma noite, um vídeo de Najila agredindo Neymar foi divulgado, supostamente do dia seguinte ao ato sexual, quando a mulher exigia uma confissão do jogador.

Informações do tribunadenoticias.com