terça-feira, 10 de setembro de 2019

Governo e Caixa Econômica discutem investimentos no RN

Foto: ASSECOM/RN Demis Roussos

O Governo do Estado recebeu nesta terça-feira (10) a direção da Caixa Econômica Federal (CEF) no Rio Grande do Norte para discutir investimentos no estado e a abertura de duas novas unidades do banco em Natal e Mossoró. A gestão estadual e o banco possuem uma série de contratos para execução de obras em áreas como infraestrutura, mobilidade urbana e esgotamento sanitário.


O encontro serviu para alinhar o encaminhamento para os investimentos nos quais Governo e Caixa possuem contratos. “Nós festejamos quando salvamos o convênio de R$ 50 milhões do programa Pró-Moradia, que prevê a construção de aproximadamente 1200 casas. Vamos lançar a primeira licitação na próxima semana e queremos a Caixa Econômica presente, pois vamos lado a lado dar à população uma perspectiva real de receber seu imóvel e movimentar a economia”, destacou a governadora Fátima Bezerra.


Durante a reunião, o superintendente da Caixa no RN, Marcus Vinícius do Nascimento, também anunciou à governadora a ampliação da atuação da instituição bancária. Nos próximos meses a CEF abrirá, a partir de estudos do potencial do estado, uma nova superintendência executiva de varejo em Mossoró – uma das cinco que serão abertas no Brasil – e uma gerência de atacado, voltada para grandes clientes, na capital do estado.


O secretário de Estado da Infraestrutura, Gustavo Coelho, relatou o andamento das demais parcerias, como a reestruturação da Avenida Roberto Freire, a ampliação do Centro de Convenções, as intervenções do Pró-Transporte na Zona Norte de Natal e a instalação da iluminação no acesso sul ao Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante. “No início do ano posso dizer que praticamente 100% dos nossos contratos estavam com dificuldades. Desde então estamos trabalhando, em diversas reuniões, para achar os caminhos e resolver as pendências”, disse o secretário.


A iluminação da rodovia Humberto Pessoa, que dá acesso ao aeroporto a partir da BR-304, será feita pela Cosern, com recursos disponibilizados pela Caixa. A obra custará R$ 1,94 milhão, cerca de R$ 800 mil mais barato do que estava orçado anteriormente, e deve ser entregue até o fim de novembro. Já a obra do Centro de Convenções está prestes a ser finalizada, faltando apenas finalizar a construção da casa de bombas para o sistema de incêndio.


O projeto da Roberto Freire está sendo reconstruído por meio de parceria entre Governo e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), enquanto as ações da etapa 2 do Pró-Transporte passarão por nova licitação em breve.