quarta-feira, 2 de junho de 2021

Anuário Natal 2021 é lançado na programação da Semana do Meio Ambiente

| |

 


O Anuário Natal 2021 foi lançado na manhã desta quarta-feira (2) em solenidade virtual transmitida pelo canal do youtube da Prefeitura do Natal integrando a programação da Semana do Meio Ambiente 2021.  A publicação elaborada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) foi apresentada à sociedade pelo titular da pasta, Thiago Mesquita, ao lado de alguns membros da equipe técnica responsáveis pelo livro, que já está disponível para download no site da Semurb.

O objetivo principal do Anuário é expor com transparência dados e informações de nossa cidade de acordo com o conceito moderno de prestação de contas que deve reger a relação entre poder público e cidadãos, reunindo dados das mais diversas áreas – meio ambiente, patrimônio, geografia, educação, saúde, habitação, cultura, finanças, economia e legislação e dados censitários, além de resgatar a origem e acompanhar o crescimento e desenvolvimento da cidade. 

Mesquita esclareceu que o evento aconteceu de forma virtual devido às questões sanitárias e falou da alegria de lançar esta importante peça técnica que é o Anuário, que traz um retrato do que vivemos na cidade. Segundo ele, "uma obra que requer muito estudo e muito cuidado me sua elaboração.Essas informações aumentam a eficiência administrativa, servindo de apoio às ações da gestão municipal relativas aos transportes, à saúde, à prevenção em zonas de risco, à receita fiscal, ao planejamento urbano e ambiental, dentre muitas outras", disse.

O evento virtual também contou coma participação da secretária adjunta de Planejamento da Semurb, Eudja Mafaldo, que coordenou a equipe técnica ao lado da diretora do departamento de Pesquisa e Estatística (DIPE), Daniele Salviano e também alguns dos servidores da equipe da Semurb que trabalharam na consolidação e organização dos dados. Entre eles o economista, Carlos da Hora e os engenheiros civis, Fernando de Medeiros e Reginaldo Vasconcelos. 

"O anuário é obra de caráter documental resultante da colaboração de diversos agentes públicos externos e privados, mas não seria possível sem a dedicação de uma equipe, extremamente comprometida com a produção desse documento de relevante importância para a cidade, para a população local e para os visitantes", ressalta Eudja Mafaldo. 

O layout e a disponibilização ao público vem acompanhando as inovações tecnológicas e nos últimos anos já vem sendo publicado virtualmente, o que permite o acesso o mais fácil e consequentemente a utilização dos dados com mais facilidade de consulta pelos usuários. Entre os diferenciais desta edição estão uma retrospectiva  a partir do século XX, em meados de 1901 à época do Plano de Ordenamento Urbano de Natal, até as atuais discussões do Plano Diretor de 2021. E também a participação das demais secretarias do Município de forma conjunta, que alimentam um banco de dados com informações próprias relativas a cada uma e com bases cartográficas.

"A tendência e a intenção da Semurb é que em breve tenhamos não um único documento editado anualmente, mas um documento com informações, quase em tempo, onde os dados sejam atualizadas constantemente e que as informações cheguem mais rápido aos interessados, mas também contribuam para a agilidade nas tomadas de decisão, contribuindo para a melhoria da gestão como um todo", revela a secretária adjunta. 

O conteúdo do Anuário Natal 2021 abrange também o desenvolvimento da Região Metropolitana de Natal, como Arês, Bom Jesus, Ceará-Mirim, Extremoz, Goianinha, Ielmo Marinho,  Macaíba, Maxaranguape,  Monte Alegre, Nísia Floresta, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu e Vera Cruz. Além dos estudos de desenvolvimento de Natal, mostra também a desenvoltura das capitais brasileiras. Todas as informações citadas no atual anuário são atualizadas nos anos 2019-2020.

"As informações que se pautam pela transparência e imparcialidade constituem referência de consulta por parte de técnicos e gestores municipais, professores, estudantes e demais cidadãos, contribuindo, assim, para o entendimento da realidade de Natal, realidade essa em constante transformação e com tendências que devem ser analisadas periodicamente", finaliza Eudja. 

Para conferir o Anuário Natal 2021 na íntegra basta clicar aqui ou acessar o  menu serviços/publicações na página da Semurb.