quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Acusado de matar comerciante em Caicó, morre em confronto com a polícia

| |

A Polícia Civil confirmou na noite desta quarta-feira (11), a morte do latrocida Weslley Magno Silva de Araújo, de 30 anos, natural de Currais Novos/RN. , Ele foi morto na cidade de Coronel Ezequiel/RN, após reagir a uma abordagem policial e trocar tiros com policiais civis. O criminoso estava foragido da justiça desde o dia 19 de maio deste ano, depois que matou o empresário George Queiroz, dentro de sua loja no bairro Boa Passagem, zona norte de Caicó.

Os policiais da Delegacia de Caicó, de posse do mandado de prisão, com apoio de uma equipe de Santa Cruz, deflagraram a "Operação Garmem” e durante a tentativa de prisão ao foragido, foram recebidos a tiros no endereço onde ele se escondia. Houve o revide e Weslley Magno foi baleado. Socorrido ao hospital local, ele não resistiu e morreu. Na casa, os policiais encontraram arma de fogo, drogas e uma moto com queixa de roubo.

O crime

Na madrugada do dia 19 de maio de 2021, Weslley Magno, roubou a conveniência de um posto de combustíveis localizado no centro de Caicó. No mesmo dia, à tarde, ele entrou na loja de roupas, pertencente a George Queiroz, que era localizada na avenida Ruy Mariz, em Boa Passagem.

Lá, inicialmente, Weslley abordou a esposa do empresário e depois, seguiu para o escritório, onde efetuou disparo de arma de fogo que tirou a vida de Queiroz. As câmeras de segurança existentes na loja registraram o crime. O assassino entrou no estabelecimento para roubar, o que leva ao crime de latrocínio.

Com informações de: fimdalinha