terça-feira, 17 de agosto de 2021

Caso Pollyana Natalusca: irmã da vítima é presa por suspeita de participação no assassinato

| |

A Polícia Civil deflagrou nesta terça-feira (17) a 2ª fase da Operação "Off-road" e prendeu a irmã de Pollyana Natalusca, comerciante assassinada na zona Norte de Natal, em maio deste ano. Além dela, o cunhado da vítima e um policial militar foram detidos temporariamente na ação. Segundo a Polícia Civil, eles são os mandantes e organizadores do crime.

A irmã e o cunhado de Pollyana foram presos em Touros, município do litoral Norte do RN. Já o PM, foi detido na saída do 4º BPM, na zona Norte da capital potiguar.

No último dia 16 de julho, a Polícia Civil deflagrou a operação "Off-road" e prendeu três suspeitos de participação no crime. Eles foram identificados como Alcivan Bernardo da Silva, conhecido como "Bileu", apontado como condutor da moto utilizada no dia do crime; João Paulo Rocha, conhecido como "Rocha", apontado como o autor do disparo, e Orklisthye Mayklie Moronel Matias de Oliveira, conhecido como "Maikon", dono da motocicleta utilizada na ação.

O crime

O crime aconteceu no dia 18 de maio, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, quando os dois suspeitos chegaram ao estabelecimento comercial em que Pollyana Natalusca trabalhava, realizaram a abordagem e conduziram a vítima até a parte de trás do estabelecimento, onde efetuaram um disparo.

Com informações de: portaldatropical