sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Piscicultura na barragem de Umari terá usina de beneficiamento

| |

É no fim de uma estrada de terra, 13 quilômetros adentro da zona rural do município de Campo Grande, na região Oeste do estado, aonde chegou a ação do Governo do Estado para beneficiar 17 famílias ligadas à APROV - Associação dos produtores da Agrovila Petrolina/Ronaldo Valência.

Lá, às margens da Barragem de Umari, importante manancial gerador de renda para os municípios do entorno, o Poder Executivo estadual investiu R$ 478 mil na construção de uma usina para beneficiamento de peixe, construída e equipada pelo Projeto Governo Cidadão e pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE-RN). O cultivo de tilápias, apanhadas em gaiolas, dá o sustento dos associados e de suas famílias que, após esse investimento, terão maior garantia da atividade, incluída pelo Governo Cidadão no perfil de Subprojeto de Iniciativa de Negócio Sustentável de Inclusão Produtiva.


“Em 2016, perdemos 60 toneladas de peixe, um prejuízo de mais de 300 mil reais que podia ter sido menor se a gente ao menos tivesse gelo para guardar esse peixe”, lembra o dirigente da associação, José Maria de Castro, referindo-se ao maior impacto já sofrido pela cadeia produtiva da região, quando uma severa mortandade atingiu as produções.

“Desde 2013 que a nossa associação já lutava para ter uma câmara fria. E agora temos uma usina completa, não somente com a câmara fria de 16 metros quadrados, mas toda equipada de acordo com as normas sanitárias, uma beleza!”, comemora o pescador.

Entre os equipamentos adquiridos para a agroindústria estão desde balanças mecânicas e digitais passando por mesas inoxidáveis de evisceração até computadores para gestão do negócio.

“Temos aqui um investimento que traz retorno direto às famílias da região. Mantém a gente do lugar em sua terra e promove o avanço econômico de forma sustentável”, disse o secretário de Gestão de Projetos e Metas e coordenador do Governo Cidadão, Fernando Mineiro, ao visitar a nova usina, no dia 5 de julho passado.