terça-feira, 9 de novembro de 2021

Artista de circo é morta com golpe de tesoura pelo companheiro

| |

A artista circense Kauany Circo, de 32 anos, natural de Corumbá, a 419 km de Campo Grande, foi morta com um golpe de tesoura no pescoço pelo próprio namorado no último sábado (06), em Catanduva (SP). O corpo foi velado nesta terça-feira (09), na cidade natal de Kauany. O suspeito já foi preso.

Kauany vivia com o acusado, André Luis Coutinho, de 18 anos, e rodava o Brasil com o circo, apresentando números acrobáticos e de força capilar. Antes de se instalar na avenida José Nelson Machado, em Catanduva, o Circo Encantado passou por outras cidades da região, como Mirassol e Rio Preto.

Para policiais militares, André - que se entregou poucas horas depois do crime - afirmou que é usuário de cocaína e, na madrugada do crime, Kauany tentou impedir que ele fizesse uso da droga. Ela o teria empurrado, André se irritou, pegou uma tesoura e atacou a companheira no pescoço.

O casal estava junto há apenas três meses.

Conforme informações, ele já foi submetido à audiência de custódia e a juíza decidiu converter a prisão em flagrante em prisão preventiva. André foi levado à cadeia pública de Catanduva e o caso é investigado como feminicídio.

Com informações de: diariovip.novacruzoficialrn