quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Polícia Ambiental de Mossoró prende dois suspeitos e apreende um adolescente além de drogas e munições na cidade de Areia Branca

| |

Policiais da 3ª Companhia de Policiamento Ambiental de Mossoró, prenderam, nesta terça-feira (23), na Praia de Redonda, no município de Areia Branca/RN, dois maiores de idade e apreenderam um adolescente. Com eles, foram encontradas várias trouxinhas de maconha, saquinhos plásticos, papel filme, faca e dinheiro fracionado.

Os policiais apreenderam ainda: duas tesouras e duas munições de calibre 12 intactas. A equipe da CIPAM realizava patrulhamento de rotina naquela região quando avistou quatro indivíduos em atitude suspeita e que, ao perceberem a presença da viatura policial, tentaram se evadir e soltaram uma bolsa na calçada da residência, em que estavam.

Os policiais só conseguiram abordar três suspeitos, tendo em vista que, o quarto indivíduo conseguiu adentrar na residência e escapar, fugindo pelo quintal do imóvel.

Ao verificar a bolsa jogada pelos suspeitos, foi encontrado o seguinte material: 02 munições calibres 12 tipo balote, 11 trouxinhas de maconha, 01 pedra de crack e vários apetrechos usados no tráfico de drogas.

Diante da situação de flagrante, os três, juntamente com o material ilícito foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil local e apresentados ao delegado da cidade dr. Luiz Antônio da Silva Filho para medidas cabíveis. Os maiores identificados como Danilo Moura Nascimento e Ronaldo da Silva Nascimento foram autuados em flagrante nos crimes de tráfico de drogas (artigo 33), associação para o tráfico (artigo 35), posse ilegal de munições (artigo 12) e corrupção de menor (artigo 244-B).

Já o adolescente, foi autuado em flagrante por ato infracional análogo a tráfico e associação para tráfico de drogas e associação criminosa.

Danilo Moura e Ronaldo Nascimento foram encaminhados à Cadeia Pública de Mossoró e o menor, para o Centro de Assistência Sócio-Educativo Provisório (CASEP), também em Mossoró, onde ficarão à disposição da justiça.

Com informações de: fimdalinha