segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Surto de gripe e Covid faz cinco voos entre Natal e São Paulo serem cancelados

| |

Cinco voos entre Natal e São Paulo que estavam programados até o próximo domingo (16) foram cancelados pela Latam nesta segunda-feira (10) por causa do aumento no número de casos de Covid-19 e de gripe entre os tripulantes. Em todo o País, mais de 200 voos já foram afetados.

Muitos tripulantes estão sendo afastados devido a sintomas das doenças, o que está afetando os voos, tanto os nacionais como os internacionais. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está monitorando casos de doenças respiratórias em tripulações das companhias aéreas.

Confira os voos afetados:

11 de janeiro: LA4580 (Guarulhos-Natal) e LA4652 (Natal-Guarulhos)
15 de janeiro: LA4580 (Guarulhos-Natal)
16 de janeiro: LA4652 (Natal-Guarulhos) e LA4580 (Guarulhos-Natal)

Em nota, a Latam pediu para que os passageiros verifiquem o status do voo antes de se dirigir ao aeroporto. Os clientes que tiveram o voo alterado poderão remarcar a viagem sem multa e diferença tarifária ou solicitar o reembolso da passagem sem multa, informou a Latam, que lamentou a situação.

A Azul registrou um aumento de mais de 400% no afastamento de funcionários na última semana. A Gol também confirmou que teve um aumento no número de funcionários afetados por estes novos surtos de Covid e de gripe.

No caso da Azul, no sábado, o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), cancelou 29 voos da empresa. O motivo teria sido justamente o afastamento de tripulantes da companhia aérea, que apresentaram sintomas de infecção por coronavírus e influenza. De quinta até sábado, pelo menos 89 viagens não ocorreram. Nesta segunda-feira, 30 voos da companhia tinham sido afetados.

Em nota divulgada no fim de semana, a Azul acrescentou que mais de 90% das operações estão funcionando normalmente e que os clientes impactados estão sendo notificados das alterações, reacomodados em outros voos da própria companhia e recebendo toda a assistência necessária conforme prevê a resolução 400 da Anac.

Já a Gol informou que “houve nos últimos dias um aumento dos casos positivos entre colaboradores, mas nenhum voo foi cancelado ou sofreu alteração significativa por este motivo. Os funcionários que apresentam resultado positivo estão sendo afastados das funções para se recuperarem em casa com segurança”.

A empresa ressaltou que em relação aos passageiros que testam positivo antes do embarque estão sendo oferecidas três opções: cancelamento com o reembolso do valor total; cancelamento, mas com o valor total deixado como crédito para futuras compras; ou remarcação sem custos adicionais.

Com informações de: 98fmnatal